O Estilo Ki Yu Kwan

O que representa a o estilo de Hapkido desenvolvido pelo Mestre Alfredo Carvalho (7º Dan)

A um contexto geral, primeiramente, o Ki Yu Kwan surgiu naturalmente no estudo para o desenvolvimento próprio do Mestre Alfredo Carvalho. O que ocorre (em geralmente todos os estilos de Hapkido) é a necessidade da adaptabilidade da técnica diante das circunstâncias do local, do espírito de seu criador e de todo o contexto Marcial e mercadológico que envolvem este centro de treinamento. Para o Ki Yu Kwan não foi diferente. Suas influências do Hoi Jeon Moo Sool e o estudo da esgrima oriental tornaram-o mais completo e contribuíram para um Hapkido mais eficiente e moderno. Essas influências foram responsáveis para a criação da identidade que o Ki Yu Kwan possui hoje.

Símbolo do estilo Ki Yu Kwan.

Uma técnica com uma sintonia mais fina para a Defesa Pessoal mais eficiente e um aprimoramento do espírito do guerreiro através da esgrima, trabalhando o tradicional, com os princípios, direitos e deveres do guerreiro e o moderno, trabalhando sua eficiência e excelência na pratica desta Arte. O significado do nome Ki Yu Kwan representa o que de mais puro ocorreu dentro deste processo. Diversas circunstâncias colaboraram para o surgimento deste nome. O termo Ki Yu representa a força da água ou espírito da água, referindo-se ao princípio da adaptabilidade. Mas não apenas como força de uma onda, mas como todo o complexo e vivo sistema que envolve toda a força dos oceanos, tratando o elemento desde a sua simplicidade de existência dentro de um objeto, o qual assume esta forma, passando visualmente a impressão de vulnerabilidade, porém com força interna suficiente para destruir o que encontrar pela frente, sem se esquecer que sempre busca, em caso de atrito grande, minar seu objetivo, atingindo suas fraquezas e aproveitando suas oportunidades, inundando a mente do inimigo. Kwan representa a técnica, a assinatura de referência ao Hapkido como complemento do currículo básico desta Arte Marcial.

 

O estudo cromático do signo do estilo representa significados conscientes e inconscientes sobre sua interpretação. O preto, através do estudo da síntese subtrativa das cores, representa a soma de todas as cores, gerando a interpretação da Arte Marcial completa. O amarelo, origina do latin amaryllis, é o símbolo da luz que irradia em todas as direções. Já o azul, que tem origem no árabe e no persa lázúrd, que proporciona a sensação do movimento para o infinito. Através dos Estudos de Bamz, a aplicabilidade das cores é representada também pelas fases da vida do homem, onde o amarelo referencia o ciclo dos 20 aos 30 anos, a idade da força e potência do homem. Já o azul representa a fase de 40 a 50 anos, a idade da inteligência e do pensamento, contextualizando, assim, o ideal de equilíbrio físico e espiritual do homem. O signo circular representa através da forma não só a padronização circular dos símbolos institucionais dos estilos e das federações de Hapkido. Ela representa a unidade técnica principal do estilo, a movimentação circular (Won), desde as técnicas de movimento e utilização da força do oponente contra ele mesmo até a representação da fase do ciclo de evolução do aluno, do ponto de vista superior, pois este trata a evolução como uma forma espiral, no qual ele (o aluno), quando forma-se faixa preta, completa o círculo, porém ao invés de retornar ao ponto de partida, este eleva-se na aprendizagem. A simbologia interna agrupa o conceito da água (ondas) e sua representação em Kanji do termo Yu, desenhada por nada menos que o Grão Mestre Sung Jae Park, Mestre do criador do estilo, como uma assinatura da grande técnica que ali está empregada, além da demonstração de respeito de seu criador pela sua origem (o estilo Jung Do Kwan). O texto em Hangul reescrevem o nosso alfabeto com as mesmas palavras, de forma que identifiquem a origem do termo (o Hapkido foi criado na Coréia). Por fim, as duas estrelas representam o iníci

o e o fim, a vida e a morte, o ying e o yang, de ponta para cima, o que indica a evolução espiritual do homem.

 

O Ki Yu Kwan referencia à natureza, ao homem e seu espírito, que no caminho do espírito em harmonia(Hapkido), simboliza essa contextualização de evolução constante do guerreiro marcial, tornando-o preparado para viver melhor o presente e estar preparado para quando, a linha tênue que separa nossa alma do corpo se desprenda, sejamos mais evoluídos e capacitados para entender nossa própria existência e o verdadeiro significado da caridade.

Mestre Alfredo Carvalho (direita) e o Grão Mestre Park Sung Jae, no recebimento do reconhecimento da fundação do estilo na Coréia.